Seguidores

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Aproveitamento de restos

imagem retirada da internet

Cá em casa não se estraga nada, portanto sempre que sobra comida é aproveitada para com ela fazer outros pratos. Não fui habituada a deitar fora comida que sobrasse, e sempre que vou a casa de alguém onde vejo que isso acontece, faz-me imensa confusão, não só porque os alimentos são caros, mas também porque existem pessoas a passar fome e por vezes bem perto de nós.
Esta atitude não é porque neste momento vivemos uma situação de crise, mas porque me pesa imenso na consciência e sempre agí assim.
Uma coisa é certa conheço pessoas que passam por imensas dificuldades, mas continuam a desperdiçar.

 O que fazer com as sobras de comida? Algumas dicas.

*Para que não  sobre muita comida, faça os possiveis para fazer mais ao menos ao certo para o número de pessoas que vão comer.

*Pratos como bacalhau, frango, pescada á braz podem ser feitos com o que sobrou desses alimentos cozidos ou assados, ( faço sempre com as sobras de um frango assado , ou churrasco, de uma pescada cozida, de um bacalhau cozido, etc...), também podem ser aproveitados para uma tarte ou quiche, para rissois...

* O resto da carne assada do almoço de domingo dá um belo empadão..

*Os ossos das carcaças de frango que não cozinha, os pescoços aqueles bocados de pele mais grossa que normalmente vão para o lixo fazem um saboroso e saudavel caldo de galinha. Basta fervê-los com sal, os talos da salsa, 1 cenoura, 1 cebola, louro, 1 pouco de óleo, 1 dente de alho, depois de tudo bem cozido em água suficiente para cobrir os alimentos, coa-se e aproveita-se o liquido, congelando-o em couvetes de gelo, e depois é só utilizá-lo nos seus pratos para lhes dar mais sabor.

*Com as sobras de arroz branco pode fazer uma salada, é só misturar, atum, milho, pimento picado, cenoura raspada, temperar a gosto e já está. Ou fazer um arroz de feijão, é só fazer o refogado com um pouco de cebola, azeite, chouriço ou salpicão, juntar um pouco de polpa, louro o feijão cozido, e quando estiver tudo bem refogado, antes de servir juntar o arroz, temperar e envolver bem. Pode fazer também bolinhos de arroz.

* O mesmo para as sobras de massa cozida,  pode ainda misturar cogumelos, fiambre , legumes, molho bechamel ou natas e levar a gratinar.

*Os talos dos bróculos, das couves, da salsa, são uma fonte de vitaminas e contém fibras, podem ser aproveitados nas sopas, refogados, numa feijoada. Podem ser congelados.


*Legumes cozidos, podem ser refogados numa frigideira com um pouco de azeite e alho, e fica um óptimo acompanhamento, ou então juntar á sopa, ou a um estufado.

*Se lhe sobram batatas cozidas ou cenouras guarde e coloque na sopa, se não for fazer a sopa pelo menos no dia seguinte, opte por congelar para utilizar na próxima.

*Se sobrarem batatas fritas, pode aproveitá-las para fazer uma tortilha.

*A água de cozer as batatas ou os legumes contém imensas vitaminas, guarde-a para com ela fazer uma sopa.

*Pode utilizar restos de pão para engrossar a sopa, assim coloca menos batata e fica muito bom, basta passar tudo com a varinha. Pode fazer também um pudim de pão, uma açorda, ou pode cortá-lo ás fatias tostar um bocadinho no forno, depois é só guardar as tostinhas numa latinha e servem para umas entradinhas com patê. Pode igualmente secá-lo um pouco no forno, triturá-lo fazendo assim o seu próprio pão ralado.

*Com o resto da maionese que fica no fundo do frasco pode fazer um molho para saladas, basta juntar limão e mexer bem.

*Os  restos de cozido fazem uma boa feijoada.

*Com a fruta que já está muito madura, pode fazer compotas, juntar aos bolos cortada aos bocadinhos, triturá-la e juntar aos iogurtes.

*Bolachas que já estão moles podem ser trituradas e colocadas por cima de uma bola de gelado, envolvidas com fruta e iogurte, fazer uma base para uma tarte ou cheescake...

*O resto do vinho que sobrou de uma garrafa, pode ser aproveitado para temperos, basta colocá-lo nas couvetes de fazer gelo , congelar. Retirá-lo das couvetes e guardar num saco no congelador.

*As cascas das batatas bem lavadas, secas e fritas em óleo bem quente dão um excelente aperitivo. Na América existem restaurantes que comercializam esse petisco que tem imensa saída.

*As cascas de frutas, podem ser aproveitadas para fazer chás, sumos ou batidos.
  • cascas de citrinos- aproveite-as para depois de picadas colocar nos bolos ou queques, ou temperar pratos de peixe ou carne, usadas frescas dão um sabor delicioso ao leite creme, para aromatizar um frasco de açucar...
  • são muito boas para ambientarem o ar, se colocadas numa taça com flores secas, ou dão um bom chá.
  • as cascas de abacaxi, manga etc, podem ser colocadas no liquidificador e fazer um bom sumo, sumo esse que também pode ser usado em bolos para substituir alimentos liquidos, como o óleo.
É importante a utilização destas dicas, pois o aproveitamento integral dos alimentos, além de diminuir os gastos com alimentação, reduz o desperdício de alimentos, e torna possível a criação de novas receitas.

Esse conceito deve ser realizado no dia a dia por qualquer pessoa, independentemente de sua classe social ou económica. Isso significa eliminar alguns preconceitos alimentares de que esse tipo de atitude é somente usada por pessoas de um estrado social mais baixo.


 Em relação aos talos, caules e folhas, essas partes do alimento que posteriormente iriam para o lixo podem ser bem aproveitadas, servindo para suprir a carência de nutrientes no organismo, e tornando o cardápio mais saudável, muito mais nutritivo e criativo.












quinta-feira, 12 de abril de 2012

Creme de rosto

Este creme da Yves Rocher é o meu preferido, hidrata bem a pele, não é gorduroso, e atenua os sinais do envelhecimento. Gosto bastante.
*Não me pagaram nada pela publicidade, se é o que estão a pensar :)

Arroz de feijão

 

 Um arrozinho de feijão acompanha tanto ums panadinhos como uns filetes, uma carninha grelhada, ou uma omelete, ou comê-lo mesmo assim não é pecado nenhum. Como tem feijão, não há necessidade de ir buscar as proteinas á carne e ao peixe.

 Nós portugueses é que temos a mania de comer a todas as refeições carne com batatas ou arroz ou massa, peixe com batatas, arroz ou massa...
Os suiços admiram-se quando vêm os portugueses ás compras, eles com um cesto, nós com o carrinho cheio. Eles fazem refeições só de legumes, não comen hidratos de carbono a todas as refeições, acompanham as carnes e peixe com legumes, fazem refeições só de queijo( vários tipos) com a baguete, uma salada e um pouco de fiambre ou carne fumada fatiada...
Hábitos bem diferentes...

Ingredientes:
(4 pessoas)

2 chavenas de arroz (usei risoto, fica mais cremoso)
1/2 chouriço de carne
azeite
feijão vermelho q.b ( usei já cozido e congelado)
1/2 copo de vinho branco
2 colheres de sopa bem cheias de polpa de tomate
1/4 de pimento picado
sal, pimenta
salsa, louro
cebola

Preparação:

Refogar a cebola no azeite, quando estiver translúcida acrescentar o chouriço picado e deixar refogar mais um pouco. Refrescar com o vinho, deixar evaporar um pouco, juntar o pimento picado e a polpa de tomate. De seguida juntar o arroz e 4 chávenas de água a ferver, juntar o feijão e temperar com o louro, o sal, a pimenta e em lume brando deixar cozer o arroz mexendo várias vezes.
Como este arroz se quer malandrinho , juntar mais 1 ou 2 medidas de água.

*Para 1 medida de arroz utiliza-se 2 de água, no caso de querer o arroz seco, quando é malandrinho normalmente junta-se mais 1 medida de água.

Eu normalmente quando quero o arroz malandrinho, vou acrescentando a água a olho, e mais perto do final da cozedura acrescento mais um pouco, pois depois de desligar o fogo, ele absorve sempre um pouco de molho.

Nesta imagem, tirei a foto quando desliguei( estava com mais molhinho).
Na primeira foto como podem comparar, estava mais enxuto.


Bom apetite!

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Frango frito

 

 Pois que adoramos frango de toda a maneira e feitio, como é uma carne branca não faz tão mal á saúde sendo também mais barata. É claro que a forma de o cozinhar tambem conta, e este franguinho frito tem algumas calorias, mas como se costuma dizer " perdoa-se o mal que faz pelo bem que sabe".
É um prato óptimo tambem para levar para os picniques, uma vez que tanto quente como frio sabe muito bem!

Ingredientes:

1 frango
vinho branco( pouco, apenas para envolver os ingredientes)
massa de pimentão ou 1 colher de colorau
2 dentes de alho
piri piri
farinha q. b. 
2 colheres de sopa de ketchup
sal
pimenta
salsa picada
louro
1 limão

Preparação:

Fazer a marinada com o vinho, o pimentão ou colorau, piri piri, o alho picado,ketcup, sal , pimenta, a salsa  e o louro. Envolver o frango cortado aos bocados e deixar repousar por 2 horas no frigorifico ou de um dia para o outro.  antes de o cozinhar escorrê-lo muito bem. Colocar a farinha dentro de um saco de plástico e colocar o frango lá dentro, abanando até que a farinha envolva muito bem os pedaços de frango.
Numa fritadeira aquecer bastante oleo e aos poucos ir fritando o frango em lume médio-alto. Entretanto pré aquecer o forno a 200°.
Quando o frango estiver bem douradinho, retirar e colocá-lo a escorrer numa rede para que fique estaladiço. Depois colocar num pirex e levar ao forno por 15 minutos.

Fica um franguinho delicioso, bem cozinhado, porque o forno acaba de o cozer muito bem no interior, deixando-o bem tenrinho. Não fica nada gorduroso, apesar de ser frito, mas como é muito bem escorrido e a pele fica sequinha.

Delicioso com um pouco de limão espremido!


Bom apetite!

terça-feira, 10 de abril de 2012

Bacalhau á Gomes de Sá

 

Estava para ser um bacalhau com natas, mas na última hora decidi fazer este prato que adoro e que já não comiamos há muito tempo. Existem muitas maneiras , pelo que vi depois de uma pesquisa pela net, de o confeccionar, mas eu faço-o assim, e normalmente quem prova gosta bastante.

Ingredientes:
( 4 pessoas)

4 postas de bacalhau medias demolhadas
4 ovos
3 cebolas grandes
1 tomate pequeno
cerca de 8 batatas grandes
azeite (bastante, neste prato não pode ser forreta no azeite)
salsa
azeitonas pretas
sal, pimenta

Preparação:

Descascar as batatas, cortá-las ao cubos grossos e colocá-las a cozer com os ovos. Noutro tacho colocar água, depois de ferver colocar o bacalhau e desligar o fogo, tapar e deixar 10 minutos assim. Depois escorrer o bacalhau, deixar arrefecer um pouco, retirar pele e espinhas e lascá-lo.
Escorrer tambem as batatas cozidas. Cortar as cebolas em meias luas finas e levar a alourar com bastante azeite. Deixe a cebola ficar dourada sem fritar.
Juntar o tomate picado, mexer e juntar o bacalhau e as batatas, deixar cozinhar em lume brando com o tacho tapado, mas mexer varias vezes, e ir juntando azeite, para envolver bem, e não ficar muito seco. Repetir esta operação as vezes que forem necessarias, até as batatas se desfazerem um pouco.
Misturar 3 ovos picados. Sal e pimenta q.b e a salsa picada, envolver muito bem e depois é só servir polvilhado com salsa, 1 ovo ás rodelas e azeitonas pretas.


Bom apetite!